Left
Right
Quem somos
A Casa Amarela é uma escola de educação infantil fundamentada na Pedagogia Waldorf que foi criada em 1919 na Alemanha por Rudolf Steiner e atualmente tem escolas no mundo inteiro. A Casa Amarela é filiada a Federação das Escolas Waldorf do Brasil (www.fewb.org.br), instituição tutora de todas as escolas no país.
Uma das principais características da Pedagogia Waldorf é a sua concepção de ser humano que é apreendido em seu aspecto físico, anímico (psico-emocional) e cognitivo, de acordo com as características individuais e da sua faixa etária, buscando-se uma perfeita integração entre o pensar, o sentir e o querer. Também leva em conta a multiplicidade cultural e é compromissada com os princípios éticos universais da humanidade (veja: Declaração Universal dos Direitos Humanos, de 10/12/1948, Convenção dos direitos da criança de 20/11/1989, N. U; Convenção das Nações Unidas quanto aos direitos dos seres humanos com necessidades especiais, de 13/12/2008).
Para a Pedagogia Waldorf a primeira infância, a fase em que a criança está na educação infantil, é muito importante porque são nestes primeiros anos de vida que aprendemos a andar, a falar, a pensar, a viver com os outros e a sermos nós mesmos. Criamos toda base da vida e desenvolvemos a confiança no mundo ao redor, que com o passar do tempo, se transforma em amor pela humanidade. Para isto a criança precisa ter um ambiente saudável para poder se desenvolver e exercitar a atividade que brota espontaneamente nesta fase: o brincar. É no brincar que a criança conhece o mundo e a si mesma, desenvolvendo, concomitantemente, a capacidade de relacionamento social e as habilidades corpóreas. Quando observamos a criança brincando, percebemos não só sua alegria e satisfação, como sua concentração, seriedade, seu envolvimento com aquele momento, coisas que nós adultos experimentamos apenas em momentos fugazes de nosso trabalho. Assim a Pedagogia Waldorf indica que o ambiente da educação infantil deva levar em conta as características antropológicas desta fase, proporcionando um ambiente que respeite a forma de aprender da criança pequena que é, essencialmente, pelo brincar.
História
Por um caminho de pedrinhas fui contornando a casa, passei por um portão de madeira quando então vi o jardim: Que lugar especial! Aquele gramado verdinho, sombreado por árvores com uma brisa do mar envolvendo a brincadeira das crianças que corriam, pulavam, balançavam ou com panelinhas nas mãos procuravam pedrinhas e folhas para temperar sua comidinha! Foi então que uma, criança, do alto de uma destas grandes árvores do jardim anunciou em alto tom: - Navio a vista! Mude a direção! Aquela criança me pegou de surpresa. Para que lado eu deveria ir? Olhei para o horizonte, para onde ela mostrava esticando a pontinha do seu dedo. E realmente pude ver um navio, um grande navio que vinha em nossa direção. Uma imagem maravilhosa! Foi então que a direção foi tomada, a minha irmã e eu, juntamos as nossas famílias, pegamos as malas e mudamos os rumos de nossas vidas. Construímos uma escola onde as crianças têm o direito e o espaço de brincar, de experimentar os seus sentidos com a natureza, de conviver com crianças de diferentes idades e de ter educadores com coragem e sonhos! Hoje a Casa Amarela já completou 18 anos e muitas famílias, crianças e professores já passaram por este lindo jardim, contribuindo e solidificando o nosso trabalho. O que começou com a brincadeira de uma criança tem hoje muitas histórias para contar e agradecemos a todos que participaram destas aventuras que sempre teve como principal objetivo trazer uma infância mais feliz e saudável para as nossas crianças.
Quem somos
A Casa Amarela é uma escola de educação infantil fundamentada na Pedagogia Waldorf que foi criada em 1919 na Alemanha por Rudolf Steiner e atualmente tem escolas no mundo inteiro. A Casa Amarela é filiada a Federação das Escolas Waldorf do Brasil (www.fewb.org.br), instituição tutora de todas as escolas no país.
Uma das principais características da Pedagogia Waldorf é a sua concepção de ser humano que é apreendido em seu aspecto físico, anímico (psico-emocional) e cognitivo, de acordo com as características individuais e da sua faixa etária, buscando-se uma perfeita integração entre o pensar, o sentir e o querer. Também leva em conta a multiplicidade cultural e é compromissada com os princípios éticos universais da humanidade (veja: Declaração Universal dos Direitos Humanos, de 10/12/1948, Convenção dos direitos da criança de 20/11/1989, N. U; Convenção das Nações Unidas quanto aos direitos dos seres humanos com necessidades especiais, de 13/12/2008).
Para a Pedagogia Waldorf a primeira infância, a fase em que a criança está na educação infantil, é muito importante porque são nestes primeiros anos de vida que aprendemos a andar, a falar, a pensar, a viver com os outros e a sermos nós mesmos. Criamos toda base da vida e desenvolvemos a confiança no mundo ao redor, que com o passar do tempo, se transforma em amor pela humanidade. Para isto a criança precisa ter um ambiente saudável para poder se desenvolver e exercitar a atividade que brota espontaneamente nesta fase: o brincar. É no brincar que a criança conhece o mundo e a si mesma, desenvolvendo, concomitantemente, a capacidade de relacionamento social e as habilidades corpóreas. Quando observamos a criança brincando, percebemos não só sua alegria e satisfação, como sua concentração, seriedade, seu envolvimento com aquele momento, coisas que nós adultos experimentamos apenas em momentos fugazes de nosso trabalho. Assim a Pedagogia Waldorf indica que o ambiente da educação infantil deva levar em conta as características antropológicas desta fase, proporcionando um ambiente que respeite a forma de aprender da criança pequena que é, essencialmente, pelo brincar.
História
Por um caminho de pedrinhas fui contornando a casa, passei por um portão de madeira quando então vi o jardim: Que lugar especial! Aquele gramado verdinho, sombreado por árvores com uma brisa do mar envolvendo a brincadeira das crianças que corriam, pulavam, balançavam ou com panelinhas nas mãos procuravam pedrinhas e folhas para temperar sua comidinha! Foi então que uma, criança, do alto de uma destas grandes árvores do jardim anunciou em alto tom: - Navio a vista! Mude a direção! Aquela criança me pegou de surpresa. Para que lado eu deveria ir? Olhei para o horizonte, para onde ela mostrava esticando a pontinha do seu dedo. E realmente pude ver um navio, um grande navio que vinha em nossa direção. Uma imagem maravilhosa! Foi então que a direção foi tomada, a minha irmã e eu, juntamos as nossas famílias, pegamos as malas e mudamos os rumos de nossas vidas. Construímos uma escola onde as crianças têm o direito e o espaço de brincar, de experimentar os seus sentidos com a natureza, de conviver com crianças de diferentes idades e de ter educadores com coragem e sonhos! Hoje a Casa Amarela já completou 18 anos e muitas famílias, crianças e professores já passaram por este lindo jardim, contribuindo e solidificando o nosso trabalho. O que começou com a brincadeira de uma criança tem hoje muitas histórias para contar e agradecemos a todos que participaram destas aventuras que sempre teve como principal objetivo trazer uma infância mais feliz e saudável para as nossas crianças.
Nosso pensar
Consolidar-se como centro de referência na Educação Infantil, através de um trabalho consistente e fundamentado na Pedagogia Waldorf.
Nosso sentir
Compreendendo o desenvolvimento da criança, as professoras da Casa Amarela com gestos plenos de sentido, buscam uma relação saudável e de equilíbrio com o mundo.
Nosso querer
Educar as crianças, respeitando sua individualidade para o desenvolvimento integral do ser humano.
O que oferecemos
Maternal
1 classe no período matutino

Na classe do maternal temos crianças de 1,5 – 3 anos. O ambiente é acolhedor e aconchegante, sendo um prolongamento do lar. O aconchego desperta na criança pequena uma confiança no mundo ao seu redor. Para isto a criança participa de ritmos diários adequados a sua fase de desenvolvimento para adaptar-se ao ambiente da escola. Nesta primeira fase de vida das crianças ela aprende a andar, a falar e a sua interação está em descobrir o seu corpo junto as possibilidades sensoriais que o mundo oferece. Através de gestos amorosos a professora traz um ritmo alternando os cuidados individuais com vivências lúdicas no grupo.
Jardim de infância
2 classes no período matutino

As classes de jardim-de-infância têm crianças de 3-6 anos, assemelhando-se a uma grande família onde os menores tem a possibilidade de aprender com os maiores e os maiores aprendem a respeitar os pequenos e a se alegrar com as suas conquistas. Estas variações de idade favorecem a construção de valores sociais que estarão presentes em toda a vida da criança. O ritmo diário da criança é alternado com momentos de concentração onde são feitas as atividades artísticas, cirandas e estórias e momentos de expansão onde a criança brinca transformando os elementos disponíveis como panos, troncos, bonecos, conchas etc. Estes materiais naturais estimulam a criatividade e as percepções sensoriais da criança fazendo com que ela descubra o mundo ao seu redor recriando-o através das suas experiências. A professora compreende a criança e sua necessidade de movimento interagindo com o mundo através da imitação.
Dia-a-dia

Tudo o que é vivo tem um ritmo. Os primeiros ritmos que o bebe precisa adquirir para crescer saudável é a respiração e o acordar e dormir. Quanto menor a criança e mais adaptada aos ritmos naturais mais saudável ela será. O dia-a-dia em um jardim de infância é como uma grande respiração alternando momentos de inspiração que são de concentração, como por exemplo, a hora das cirandas, histórias e outros de expiração que são momentos de expansão, tal como o brincar livre. A repetição deste ritmo traz tranquilidade e segurança para a criança pequena.
Brincar

Brincar para a criança, é tão importante e sério como trabalhar é para o adulto. O brincar brota de dentro da criança e expressa como ela descobre o mundo ordenando, desorganizando, destruindo e reconstruindo. Ela vivencia as "leis" sem fazer conceitos lógicos. É também um espaço onde a criança pode expressar de modo simbólico seus desejos, medos e os conhecimentos que vai construindo a partir da imitação do trabalho e gestos dos adultos. A criança pequena é puro movimento: ela precisa agir, transformar e brincar.
Lanche

O lanche é um momento muito esperado, pois é preparado pelas professoras com a ajuda das crianças. Assim, o pão da escola parece ser sempre muito mais gostoso, o chá que foi recolhido no quintal também é mais cheiroso. E com motivação as crianças sentam-se a mesa com a professora, e o lanche se torna um momento prazeroso e social, onde todos compartilham o mesmo alimento.
Atividades

Atividades como aquarela, desenho com giz de cera, costura, massinha de mel de abelha trazem uma característica especial a cada dia da semana criando um ritmo semanal.
Histórias

A história é escolhida também conforme a época do ano. É o momento o qual se cria a possibilidade da criança aprender a ouvir e formar imagens internas favorecendo a sua capacidade de concentração.
Cirandas

Estas cirandas acontecem diariamente nos jardins-de-infância e são feitas através de versos e musicas, acompanhadas por gestos com conteúdos sobre a natureza, festas do ano, profissões dentre outros.
Atividades com os pais

Na proposta pedagógica da nossa escola o envolvimento das famílias é fundamental. Nesta aproximação crianças, pais e professoras faz com que o espaço escolar se torne uma extensão da casa, onde as vivências são uma oportunidade de desenvolvimento para todos. Os pais são convidados a participar de diversas atividades como os passeios de classe, as festas anuais, os mutirões, reuniões, oficinas e grupos de estudos. Este processo coletivo de aprendizagem proporciona às crianças um ambiente saudável e seguro de desenvolvimento onde construímos uma pequena comunidade de respeito a infância.
Fotos
Vídeos
Links interessantes
Contatos
contato@escolacasaamarela.com
(48) 3237-4284

Rua Elpídio da Rocha 200 - Rio Tavares
Florianópolis/Santa Catarina/Brasil
CEP: 88048-398
© 2019 Casa Amarela